Ainda vale à pena ter uma loja física de roupas e acessórios?

Marina Clara
28 de setembro de 2020

Ainda vale à pena ter uma loja física de roupas e acessórios? Esta é uma pergunta que vários donos de loja de roupas e acessórios estão se fazendo nos últimos tempos. E aí, você tem uma resposta para esta pergunta?

 

Um dos maiores eventos de varejo do mundo, a National Retail Federation, afirmou em 2011 que as lojas físicas estavam com os dias contados. Mas será que isso é verdade?

Quase 10 anos se passaram desde essa afirmação. E as lojas físicas continuam existindo. O que será que aconteceu com o “futuro das lojas físicas” de lá pra cá?

 

De volta para o futuro das lojas físicas

Antigamente, bastava ter uma loja, num ponto bom e ter bons produtos para vender – as famosas peças da moda. Isso era suficiente para garantir o sucesso de uma loja física de roupas e acessórios. Se você conseguisse anunciar em jornais, revistas e, principalmente, na televisão, então… Sucesso total!

De lá pra cá muita coisa mudou! 

As cidades foram crescendo (e com isso a concorrência também!). Os gostos foram se diversificando. As redes sociais e a internet se tornaram os principais meios de comunicação (diversificando os públicos, mas também, facilitando e possibilitando aos empreendedores se comunicar diretamente com o seu nicho).

Parece pouco. Mas a diferença que a internet fez na vida das pessoas foi tanta que modificou completamente a forma de se vender, comprar e divulgar quaisquer produtos. 

Além disso, começaram a surgir as lojas virtuais (os famosos e-commerce) e, com isso, as lojas físicas começaram a se sentir ameaçadas.

 

Mas essa ameaça é real?

É certo que a loja virtual chegou para ficar. E os números comprovam isso! Por exemplo, segundo uma pesquisa da revista Valor Econômico, 75% das grandes empresas dos mais variados segmentos têm também um canal online de vendas. 

Mas isso não significa a sentença de morte das lojas físicas. Muito pelo contrário!

A loja física ainda é a preferência da maior parte da população. Isso pode ser observado no fato de grandes lojas que nasceram virtuais terem sentido a necessidade de abrir também um canal físico para suas vendas. É o caso da Amazon e da Netshoes, por exemplo!

 

Um alerta para as lojas físicas de roupas

Apesar de acreditarmos que as lojas físicas terão vida longa, é importante nos atentarmos a alguns fatos:

O mundo se transformou e evoluiu. Os hábitos de consumo mudaram. Portanto, as lojas físicas que não evoluírem também, correm mais risco de não conseguirem sobreviver. 

O que eu chamo de evoluir?

Não estou falando aqui de inovação tecnológica para lojas de roupas. Nem de investirem em atendimentos computadorizados e dispositivos eletrônicos. Isso também é interessante! Mas não é o essencial!

Modernizar-se é estar sempre atualizado com o perfil do seu público-alvo. Aqui, me refiro a se preocupar com a experiência de compra do seu cliente. Esse é o segredo!

 

Então, vale a pena ter uma loja física?

Se você ainda está se fazendo esta pergunta, separamos algumas vantagens da loja física para te ajudar a respondê-la com segurança:

1-) Ainda é a preferência.

A loja física ainda é o canal de venda preferido de grande parte da população. Muita gente ainda não confia ou não se interessa pela compra online. Além disso, os brasileiros, em especial, gostam desse “ritual” de passear para “olhar vitrines”. 

2-) Existe um caráter emocional que traz, ao consumidor, uma maior confiança na loja física.

O excesso de oferta online faz com que os consumidores não saibam em qual loja (online) confiar, voltando sua preferência para a loja física. Além disso, na loja física, o cliente já sai com o produto em mãos. Sem a espera do online, que gera ansiedade desnecessária.

3-) Custo de frete.

Indo à loja física o cliente não gasta com frete. Esse custo, muitas vezes, é alto tanto para o cliente quanto para o lojista que, vez ou outra, tem que arcar com esse gasto.

4-) Experimentar.

A loja física traz a possibilidade de o cliente experimentar a roupa e saber se a modelagem realmente lhe cai bem. Além disso, há a possibilidade de tocar a peça, sentir o tecido e o corte, enfim, conhecer realmente o produto antes de efetivar a compra. Isso evita frustrações futuras (para o cliente e para o lojista).

5-) Segurança e a possibilidade de troca do produto.

A existência de um local físico que facilite a troca do produto é também um ponto forte. A loja física, além de facilitar para que o cliente faça reclamações e elogios, traz maior segurança para o consumidor. Um lugar onde ele possa “falar com o responsável”, cara a cara, em caso de qualquer problema.

6-) Atendimento humanizado.

Esse é um dos principais pontos de adesão dos consumidores à loja física. Portanto, uma loja física cuja equipe de vendas não esteja disposta a atender bem está fadada a ficar às moscas. E atender bem não significa “empurrar produtos”. Mas um atendimento personalizado, que se diferencie da máquina (que trata todo mundo igual).

7-) O ambiente e a estrutura da loja.

O ambiente da loja deve convidar o cliente a entrar e a estrutura o convida a permanecer. O cliente que sai de casa para ir à loja física quer ter uma experiência de “estar”. Primeiro estar, depois comprar! E a decoração da sua loja pode ser um ponto forte nessa experiência.

Provavelmente, este cliente escolhe a loja de sua preferência, também pelo ambiente dela. A estrutura da loja, como um todo, pode intensificar a experiência de compra de modo significativo. Procure saber mais sobre visual merchandising!

 

Valeu a pena?

Sabemos que estamos passando por um momento de crise. Mas é importante lembrar que, apesar de os períodos de crise gerarem muitas incertezas, eles também podem abrir muitas oportunidades! E a moda sempre se reinventou nas crises!

Vestuário é artigo de necessidade humana. Isso é fato! Afinal, as pessoas precisam andar vestidas. Além disso, é um mercado bastante amplo. Defina seu nicho e o seu público-alvo e trabalhe nesta direção.

É preciso estar atento às transformações e às tendências do mercado. Além de estar sempre em consonância com o seu público-alvo. Isso, com certeza, vai aumentar as suas chances de sucesso!

Invista no online para a divulgação da sua loja! O seu público, possivelmente, também está conectado, mesmo dando preferência à loja física. Existem muitos recursos gratuitos que facilitam esta comunicação.

E para melhorar a experiência do seu público na sua loja física, otimize as partes burocráticas! Um bom sistema de gestão vai te ajudar, e muito, nesse quesito (e em vários outros também!). 

Uma dica preciosa é buscar um software específico para loja de roupas. Este tipo de programa, além de oferecer gestão financeira e de custos, oferece controle de estoque, controle de entradas e saídas, etc. e ainda te ajuda a criar um banco de dados dos seus clientes. Isso te possibilita oferecer uma experiência de compra mais personalizada aos clientes mais fiéis.

Converse com a nossa Equipe

Ainda com dúvidas ? Você pode falar diretamente com um de nossos consultores sobre o processo de implantação em sua loja. Não perca mais tempo e dinheiro, seja CRIAR.
WhatsApp