3 passos essenciais para evoluir a gestão de loja de roupa

Marina Clara
29 de fevereiro de 2020

Você tem uma loja física de roupas e acessórios, mas tem dificuldade em gerir o seu negócio? Você percebe que precisa evoluir a gestão da sua loja para crescer mais? Então este texto é para você! 

Nós sabemos que gerenciar uma loja de roupas não é uma tarefa fácil. Afinal, o varejo de moda é muito amplo e dinâmico, tornando-se um grande desafio para os varejistas.

São muitos detalhes para gerenciar e nada pode passar despercebido, pois a competitividade neste mercado é enorme, certo?!

Então, se você se identificou com este cenário continue com a gente que vamos te dar 3 passos essenciais para evoluir a gestão da sua loja de roupas e acessórios!

Desenvolva-se tecnicamente como gestor!

Você, como dono e gestor de uma loja, deve ter uma ampla visão do seu empreendimento. Deve entender não apenas de moda, mas também do movimento do mercado e das especificidades do varejo.

Além disso, você deve saber liderar e motivar pessoas. Isso é fundamental para que a sua equipe esteja engajada a trazer bons resultados para o seu negócio.

Algumas das competências principais de um bom gestor são liderança e visão de negócio. Mas essas (e outras) qualidades não surgem “do nada”. É preciso sair do amadorismo e especializar-se!

Baixe aqui um guia completo de Como Gerenciar uma Loja Física de Roupas e Acessórios!

Para isso existem técnicas que podem ser aprendidas!

E o conhecimento dessas técnicas pode te trazer o entendimento de processos, métodos e ferramentas que vão te auxiliar na gestão do seu negócio.

Existem diversos cursos que podem te ajudar a desenvolver essas habilidades. Uma boa opção é buscar o SEBRAE que oferece sempre cursos e orientações para empreendedores. Na sua plataforma online existe o “Varejo Fácil”, que é um pacote de pequenos cursos de capacitação para comerciários varejistas de pequeno porte. São 6 módulos gratuitos realizados de forma online.  

Mas você também pode contar com ferramentas, como um bom sistema de gestão, que podem facilitar o seu percurso.

Lembre-se que são diversas áreas que você precisa se aprofundar para se tornar um bom gestor no seu negócio. Mas que o principal é que você , como gestor, consiga aplicar o conceito de gestão integrada. Ou seja, consiga pensar os processos e procedimentos da sua loja de maneira articulada, e não isoladamente.

Mas quais áreas são essas?

Como você lida com cada uma dessas áreas? Em qual delas você já tem mais expertise e qual você percebe que precisa se especializar mais? Quais dessas áreas você já tem uma ferramenta que facilita o seu trabalho e quais estão mais defasadas?

Respondendo a essas perguntas você já saberá por onde começar! Mas um bom passo é buscar um sistema que te ofereça gestão integrada pensada especificamente para lojas de roupas!

Saia do “achismo”. Use dados para orientar suas decisões!

Em quais fatores você se baseia para tomar as decisões relativas à sua loja de roupas e acessórios? Quando falo em decisões, me refiro a: ações promocionais, escolhas de quais datas comemorativas trabalhar, qual o momento certo para realizar novas compras ou para liquidar, como avaliar a sua equipe, etc.

Você percebe uma assertividade nas suas decisões? Elas são tomadas com segurança? Ou você ainda se sente “dando tiro no escuro”?

É certo que ter a capacidade de tomar decisões assertivas é uma das principais habilidades que donos e gestores de lojas de roupas e acessórios devem ter. Afinal de contas, cada  decisão tomada vai contribuir diretamente na saúde do seu negócio.

Então, como tomar decisões mais assertivas? Como definir quando e onde investir mais?

Existem diversos dados, relatórios e análises gerenciais que podem conduzir sua tomada de decisão de forma mais assertiva.  Faça aqui um diagnóstico da gestão da sua loja.

Um bom software de gestão pode te fornecer planilhas, gráficos e relatórios que facilitarão, e muito, o seu trabalho! 

Com o software da CRIAR VAREJO, por exemplo, é possível estipular e monitorar metas através da análise dos índices e indicadores (ticket médio de compras; tempo do produto em estoque; curva ABC; percentual de troca, P.A). 

Neste sistema é possível também gerar relatórios de fácil visualização, com gráficos, que facilitam sua avaliação. Isso se torna uma grande economia de tempo e um facilitador para uma tomada de decisão mais assertiva e pautada em fatos, não em achismos!

Saiba escolher (e valorizar) as pessoas certas!

 

A formação (e a manutenção) de uma boa equipe também é primordial para melhorar a gestão de uma loja de roupas e acessórios.

Uma vez que a sua loja já está em funcionamento, treinar e avaliar a sua equipe devem ser tarefas constantes de um gestor.

Mas isso não significa instaurar um clima de “Big Brother” no seu ambiente de trabalho. Pelo contrário! Evite situações que podem gerar competitividade e “mania de perseguição” nos seus funcionários.

Um bom gestor deve saber reconhecer as qualidades dos seus funcionários e incentivá-las. Deve perceber também suas dificuldades e trabalhá-las, para que os resultados sejam os melhores possíveis.

Mas este “desgaste” só vale à pena quando a equipe é qualificada. Isso não significa contratar pessoas prontas e perfeitas – até porque elas não existem! Mas contratar uma equipe que também deseja crescer, junto com a loja.

Qual a missão, os valores, o posicionamento da sua loja enquanto empresa? Muitas vezes isso acompanha as características do dono da loja. Na hora da contratação, observe essas características nos candidatos à vaga.

Algumas dicas para a contratação e a gestão da sua equipe:

1-) Contrate pessoas que se enquadrem nessas características: ou seja, que tenham haver com o posicionamento da sua loja.

2-) Pessoas menos qualificadas, geralmente, custam mais barato, mas nem sempre isso é o melhor para o seu negócio. O barato pode lhe sair caro! Algumas vezes, pessoas “treináveis”, dispostas a aprender, e internamente próximas aos valores do seu negócio podem ser melhores escolhas.

3-) Qualificação nem sempre significa currículo extenso! Motivação interna e disposição para a rotina de trabalho da sua loja podem ser boas qualidades a se observar na hora da escolha.

4-) Avalie constantemente os resultados individuais da sua equipe. (Os relatórios citados na tópico anterior podem te ajudar nessas avaliação). Foque em manter as pessoas que vão trazer resultado.

5-) Observe e treine constantemente a sua equipe dentro das necessidades da sua rotina.

E lembre-se:

Um gestor não é a pessoa capaz de fazer o trabalho melhor do que a sua equipe. É a pessoa que consegue fazer com que a sua equipe faça o melhor possível.” (Frederick W. Smith)

Converse com a nossa Equipe

Ainda com dúvidas ? Você pode falar diretamente com um de nossos consultores sobre o processo de implantação em sua loja. Não perca mais tempo e dinheiro, seja CRIAR.
WhatsApp